sábado, 26 de abril de 2014

Categorias:

Resenha: Capitão América: O Primeiro Vingador

Capitão América - O Primeiro VingadorTítulo Original: Captain America: The First Avenger

Título Nacional: Capitão América: O Primeiro Vingador

Direção: Joe Johnston

Gênero: Ficção, Aventura e Ficção Científica

Duração: 2h04min

Distribuidora: Paramount Pictures

Estreia:  29 de julho de 2011



Frase de destaque: Não se ganha a guerra com gentileza. Se ganha a guerra com coragem.

Em Capitão América: O Primeiro Vingador é contada a história de origem do Capitão América, que se passa nos anos 40. A caracterização das roupas e cenários é muito boa, e as cores que o filme traz contribuem com a sensação de antiguidade.

O início do filme mostra uma busca no meio do gelo, onde é achado o escudo do Capitão. Essa cena na verdade faz parte do final, e depois dela é que é contada a história do começo.

Para quem não conhece o Capitão América, fica difícil se empolgar com ele nesse filme. Você está acostumado a ver heróis que voam, soltam teias, tem poderes, e então quando lhe vê terá uma estranheza porque ele é só um homem comum que tem força sobre-humana e agilidade, mas que ainda é vulnerável da mesma forma. Em algum momento você poderá até pensar que ele é um herói sem graça se comparado aos heróis famosos e poderosos que estamos acostumados. O que contribui com essa sensação são as cenas de ação, que são fracas e poucas.

O interessante do filme é que ele nos traz uma mensagem: nunca desistir dos nossos sonhos. Nunca desistir dos nossos objetivos. Steve Rogers queria servir ao seu país e mesmo sendo eliminado em cinco exames, ele ainda continuou persistindo e tendo a esperança de que um dia conseguiria chegar lá. E conseguiu.

No geral o filme não apresenta nada de extraordinário. É um ótimo filme de origem e tem bom ritmo na história, diferente de outros filmes que o ritmo é mais devagar, como Quarteto Fantástico. As atuações são ótimas. Ele chega a ficar chato em alguns momentos porque tem poucas cenas de ação. Nessas cenas as lutas são rápidas e fracas. Mas mesmo assim é um filme recomendado, principalmente para quem ainda vai assistir Os Vingadores.

Leia também a minha resenha do segundo filme do Capitão América:

Nota:

Atualizado em 03/09/2015