sábado, 7 de junho de 2014

Categorias:

Resenha: A Vida é Bela

A Vida é BelaTítulo Original: La Vita è Bella

Título Nacional: A Vida é Bela

Direção: Roberto Benigni

Gênero: Drama, comédia e romance

Duração: 1h56min

Distribuidora: Miramax Films

Estreia: 20 de dezembro de 1997








De vez em quando eu via nas lojas DVDs de A Vida é Bela, um filme italiano. Via uma imagem antiga na capa e pensava: “será que esse filme é mesmo bom?”. Depois de um tempo voltei a vê-lo, mas foi no Filmow. Fui ler os comentários das pessoas e era na grande maioria comentários positivos, dizendo que o filme tinha uma história linda e emocionante. E a nota também era alta. Depois vi que na época em que ele foi lançado, conquistou 3 Oscars. Diante de tantos elogios, resolvi assistir o filme. E adorei!

O filme é realmente muito lindo. É incrível como ele consegue lhe fazer dar risadas em seu início, e como consegue lhe fazer ficar triste e sensibilizado com toda a situação que os personagens passam do meio pro fim (e consegue fazer muita gente chorar nesses momentos).

É uma linda história de amor entre pai e filho. O pai, mesmo numa situação tão difícil consegue convencer o seu filho de que tudo aquilo é só um jogo, e lhe faz pensar como aquilo é bom, legal e divertido. Faz-lhe pensar e ver como a vida é bela.

O filme é lindo e excelente. Não tenho mais o que comentar, não tenho mais o que dizer. Essas duas palavras resumem tudo. Se você ainda não assistiu, assista e depois venha dar a sua opinião aqui nos nossos comentários. É um filme que eu recomendo.

Nota: