sábado, 11 de outubro de 2014

Categorias:
,

As pessoas não sabem avaliar filmes infantis

Isso mesmo, as pessoas não sabem avaliar filmes infantis. Passam a infância toda assistindo desenhos animados e os filmes da Sessão da Tarde e Temperatura Máxima, e achando tudo isso muito legal. Depois que crescemos, passamos a ser mais exigentes e não gostar de certos tipos de filmes e já começamos a assisti-los com um olhar crítico, o que é normal. O problema é quando a pessoa vai assistir a um filme infantil e diz que ele é ruim, só porque não correspondeu às suas expectativas de adulto.

Nas redes sociais de filmes é bem comum encontrar críticas negativas e notas baixas para filmes infantis e infanto-juvenis. Mas são filmes bons, educativos, engraçados, inocentes.

E por que tantos comentários ruins? Por que notas ruins? Talvez porque pessoas adultas esperem sempre que o filme seja de adulto. Que seja algo mais forte e emocionante. Que as surpreendam. E pensar assim é um erro. Talvez essas pessoas nem se quer se deem conta de que o filme que elas querem assistir é um filme infantil. 

Quando eu quero assistir um filme eu logo percebo pelo seu resumo ou pelo seu trailer que se trata de um filme infantil ou infanto-juvenil e assisto a aquele filme não pensando como um adulto e sim como uma criança pensaria. 


Mas, infelizmente, acontece muito das pessoas adultas assistirem um filme infantil e acha-lo ruim, fraco, sem graça, chato ou cansativo, e principalmente nos filmes de comédia. As pessoas, mais uma vez, esperam por uma comédia mais bem elaborada e mais forte e depois dizem que ele é ruim. Mas eles não são ruins. As pessoas que a assistiram é que não souberam assisti-los e avalia-los.


Por isso, da próxima que você for assistir a um filme procure saber o seu público alvo. Se você ver que é infantil ou infanto-juvenil e você não gostar desse tipo de filme, nem assista. E se quiser assistir, avalie pensando como uma criança e não como um adulto.