sábado, 25 de outubro de 2014

Divulgação da série The Flash e filme para 2018

The Flash - Série

Primeiro a série The Flash tem sua estreia nos Estados Unidos e no Brasil. A série é claramente uma grande aposta da Warner porque The Flash é um herói conhecido, e agora eles rejuvenesceram o personagem, e isso é interessante. A série está bem produzida, com ótimos atores e efeitos especiais. Tá tão boa que vazaram o primeiro episódio nos Estados Unidos e outra pessoa daqui do Brasil resolveu legendar para que nós, brasileiros, também tivéssemos acesso a ele e pudéssemos assistir.

Gostei demais do primeiro episódio. Se eles mantiverem o nível do primeiro episódio em todos os outros a série será ótima. Não será como Smallville: As Aventuras do Superboy, que é bem sem graça.

As pessoas gostaram. A Warner gostou. A aposta é alta nessa série e a Warner vem feito uma divulgação que eu nunca vi antes. Já vi anúncios na internet, e essa semana vi um outdoor em Recife. Toda uma divulgação muito bem feita para chamar atenção das pessoas e fazerem elas assistirem.

E tem mais: a Warner divulgou uma lista de filmes de super-heróis até 2020 com The Flash tendo um filme solo em 2018. Depois de assistir o episódio piloto da série, eu ficava imaginando como seria bom um filme dele, com os mesmos atores da série e tal. Mas a Warner decidiu ignorar isso e fazer um filme que provavelmente vai contar a história do herói do começo e terá outro ator, outros roteiristas, outro diretor… Será uma equipe totalmente nova.

É como se a Warner dissesse: “a série The Flash não existe, então vamos começar um filme do zero”. Eles não tiveram nenhuma consideração pela série, é como se a equipe dela não fosse boa o bastante para estar nos cinemas.

Sabe qual é o motivo disso? Um diretor da Warner disse que a série tem um público diferente dos filmes. Por ter público diferente eles decidiram fazer um filme como se não existisse a série. Universos separados.

Como é bem provável que aconteça, a série ainda existirá numa nova temporada quando o filme for lançado. Então veremos dois Fash’s diferentes existindo ao mesmo tempo. Isso soa estranho para mim. Quem assiste a série e for assistir ao filme poderá fazer as comparações.

A Warner, porém, continuou mantendo a ideia de que o protagonista (o Flash) deve ser mais jovem e magro e contratou um ator nesse estilo, o mesmo destilo do ator da série. Teve gente que não gostou e diz que o The Flash tem que ser forte. Não acho. Na verdade acho que esse rejuvenescimento é melhor, porque chama mais atenção dos jovens e adolescentes que assistem. O Flash não tem necessidade de ser grande e forte, como o Super Homem e Batman. Além disso tudo, eu acho que esse rejuvenescimento do The Flash foi uma resposta da Warner à Sony/Marvel, que rejuvenesceu o Homem-Aranha na franquia atual de filmes (O Espetacular Homem-Aranha), e que deu muito certo.

Sobre o ator escolhido, Ezra Miller, todos dizem que ele é um ótimo ator. Eu nunca assisti a um filme dele, mas se dizem que ele é bom, é porque deve ser mesmo.
Acho que fazer um filme do zero com atores diferentes vai ser um passo errado que a Warner vai dar. Mas só saberemos disso realmente quando 2018 chegar e o filme for lançado.