domingo, 18 de janeiro de 2015

Categorias:

Resenha: Como Treinar o Seu Dragão

Como Treinar o Seu DragãoTítulo Original: How to Train Your Dragon

Título Nacional: Como Treinar o Seu Dragão

Direção: Chris Sanders e Dean DeBlois

Gênero: Animação, aventura 

Duração: 1h33min

Distribuidora: Paramount Pictures

Estreia: 26 de março de 2010

 

 

Nunca liguei muito para Como Treinar o Seu Dragão, não porque eu achasse que ele fosse ruim, mas sim porque ultimamente não venho ligado muito para os filmes de animação porque a maioria deles são mais voltados para crianças. Claro, existem exceções de ótimos filmes de animação que uma pessoa de qualquer idade pode assistir e se divertir, como A Era do Gelo e Wall-E. Mas já fazia tempo que eu não achava um filme assim. Até que minha irmã começou a insistir para que eu assistisse a esse filme, que é um dos seus favoritos. E então eu assisti.

Gostei muito do que vi. A história é cheia de aventura e é muito bonita. São mostradas duas perspectivas: relação pai e filho, e relação humano/animal. A relação pai/filho já é mostrada em vários filmes, então não é novidade. Mesmo assim esse é um item que faz parte da história e é importante.

Por outro lado, achei muito interessante a forma que os dragões são mostrados. Primeiro eles são mostrados da forma que todos acreditam que eles sejam: seres grandes e monstruosos, que querem acabar com a vida humana, seus territórios e suas comidas cuspindo fogo em todos os lugares. Depois eles são mostrados como animais parecidos com gato e cachorro, que só querem atenção, carinho, comida e confiança. E então, depois de Soluço ter descoberto esse “segredo”, é que começa o treinamento de dragões, que os faz não só ser úteis em tarefas do dia a dia como também amigos, como é o caso de Soluço e Banguela.

Também gostei dos traços dos personagens adolescentes, principalmente o de Soluço. Eles foram muito bem feitos, parecem reais.

Como Treinar o Seu Dragão foi um filme que me surpreendeu. É um ótimo filme de animação e aventura para toda a família assistir junto, e se emocionar com as aventuras e dramas de Soluço e Banguela.

Leia também:

Nota: