sábado, 13 de junho de 2015

Categorias:

Resenha: A Espiã que Sabia de Menos

A Espiã que Sabia de MenosTítulo Original: Spy

Título Nacional: A Espiã que Sabia de Menos

Direção: Paul Feig

Gênero: Comédia e ação 

Duração: 2h

Distribuidora: Fox Filmes 

Estreia: 04 de junho de 2015

 

 

 

 

Antes de ver A Espiã que Sabia de Menos eu esperava apenas um filme de Melissa McCarthy que ela faz o papel de uma gordinha que se dá mal por causa da sua aparência. É, nesse filme tem um pouco disso, mas vai muito além, e me surpreendeu.

Dei muitas risadas com A Espiã que Sabia de Menos. O filme tem várias cenas e falas muito boas. É cheio de palavrões, sempre desnecessários e usados em excesso. Tem também algumas apelações horríveis, mas tudo bem, o filme como um todo continua valendo a pena, diferente de A Entrevista, em que as piadas não eram engraçadas, os personagens forçados e com muita apelação. Aqui os personagens são naturais, e o filme nunca fica parado.

As cenas de ação, apesar de fáceis, são sempre boas. Esse é um filme de ação com comédia, e por isso não é para ser levado a sério a facilidade das coisas. Nesse quesito ele se parece com Kingsman – Serviço Secreto (que até é citado).

O filme tem ritmo, ótimos personagens, e ótimas cenas de ação e de humor. É engraçado e divertido.

Nota: