quarta-feira, 17 de junho de 2015

Categorias:

Resenhas: Star Wars (II, III, IV, V e VI)

Minha história com Star Wars

Eu nunca tinha assistido a um filme de Star Wars e nunca tinha me interessado para isso. Mas como será lançado um novo filme em dezembro desse ano e a expectativa para ele é grande, resolvi assistir para conhecer a história.

Por favor, percebam que a minha opinião vai mudando no decorrer dos filmes. A cada filme que assisti passei a entender melhor a história e a ver uma evolução nas lutas e efeitos especiais. Eu assisti cada filme separadamente e escrevi a resenha de cada um de acordo com minhas impressões. Por isso resolvi deixar tudo do jeito que escrevi originalmente, sem mexer em nada, para que você acompanhe a minha mudança de opinião.

Antes eu não me importava com Star Wars, e quando assisti aos dois primeiros filmes só tinha preguiça de continuar assistindo. Era um desafio ter vontade de assistir o próximo. Eu não gostava de Star Wars e não achava isso tudo, mas sempre respeitei quem gosta (e deixo isso claro). Vi os trailers de O Despertar da Força, mas não consegui ficar ansioso (nessa época eu tinha assistido apenas os episódios IV e V).

Depois de ter assistido todos os filmes, eu mudei a minha opinião. Hoje eu gosto de Star Wars (não sou fã, mas tenho uma admiração pelos filmes e quero acompanhar), e estou ansioso pelo próximo filme. As minhas notas e as minhas avaliações podem não ser a que você ache que eles merecem, mas lembre-se de que aqui se trata apenas da minha opinião sobre eles. Eu não estou dizendo que os filmes são ruins, medianos ou apenas bons, e sim que eu os achei assim, mas outra pessoa poderá ter uma opinião diferente. A grande questão de tudo é o respeito pelo outro.

Nesta postagem estão as resenhas de 5 filmes da saga. A ordem das resenhas é pela ordem recomendada para assisti-los.

Episódio IV – Uma Nova Esperança (1977)

Agora eu entendo porque Star Wars fez tanto sucesso, e conseguiu tantos fãs: ele representou um grande salto na história do cinema. Na década de 70 os filmes eram mais simples, e Star Wars veio com uma história de ficção científica e fantasia, e cheio de efeitos especiais. Tudo isso fugia dos padrões e era inédito na época. Star Wars encantou as pessoas e conseguiu vários fãs, que permanecem fiéis até hoje, quase 40 anos depois do lançamento do primeiro filme. E eles são tantos que em 2012 a Disney comprou a Lucasfilm e começou a trabalhar num novo filme para a saga.

Apesar dele ter sido tão espetacular para a época, para os mais novos (como eu, por exemplo), que acompanham o crescimento da tecnologia a cada dia que se passa, e a alta de filmes de super-heróis e ficção científica, Star Wars não parece grande coisa. Ele não me surpreendeu. A ficção científica dele está presente apenas no fato de existirem seres de vários planetas diferentes, e de algumas tecnologias, mas o resto é quase todo fantasia. Ele tem mais aventura do que ação, e a pouca ação que tem é fraca. Aquela luta entre Obi-Wan e Darth Vader é horrível. Eles lutam bem devagar, como se estivessem com medo de machucar o outro.

A história se passa em outro planeta, que à vezes parece ser mais desenvolvido que a Terra dos dias atuais, com tecnologias como o sabre de luz, os robôs (que têm sentimentos), os meios de transporte, as naves espaciais, e o interior da casa; e às vezes parece ser menos desenvolvido com aquele cenário das ruas em que tudo parece um deserto e com casas e construções que parecem ter sido feitas de pedra, como nas nossas épocas antigas. Isso confunde o tempo em que realmente se passa a história. Ela está no nosso passado ou no nosso futuro? Por que tem elementos do passado e elementos do futuro?

Tudo bem que tudo se passa em outro planeta e por isso ele pode ter tido um desenvolvimento diferente do que temos aqui na Terra, mas acho muito difícil imaginar um planeta onde os carros voam, onde as armas de fogo dão lugar a armas que disparam lasers que são letais, e onde se pode ir de um planeta para outro facilmente, que tem as suas ruas e casas tão pouco desenvolvidas, parecendo até a Terra de 2000 anos atrás (ou a mesma Terra dos Flintstone, onde se usam animais grandes para certos tipos de trabalho, como é mostrado neste filme).

Claro que ninguém pensou nisso na época, porque Star Wars representou uma revolução na forma de fazer cinema. Mas como agora estamos em outra época, e eu sou de outra geração, a minha avaliação é um pouco diferente do da maioria das pessoas. Claro, pode ter gente da minha geração que goste de Star Wars, mas eu particularmente não me surpreendi.

Nota:

 

 

Episódio V – O Império Contra-Ataca (1980)

O começo do Episódio 5 é chato e parado. Só bem depois da metade do filme é que as coisas melhoram e vemos mais cenas de aventura e ação. Essa parte ficou boa, mas foi a menor em relação ao filme como um todo. Por isso o conjunto da obra não ficou tão bom e eu permaneço com a mesma nota que dei no episódio 4.

Nota:

 

 

Episódio II – Ataque dos Clones (2002)

Esse é o melhor filme da série que assisti até aqui. Ele começa com lindas imagens de um planeta bem desenvolvido e tecnológico. Nesse planeta fiquei convencido da alta tecnologia. Também passei a entender uma coisa que não entendi no primeiro filme: que os filmes se passam em vários planetas, e não em um só. É por isso que vemos planetas que parecem um deserto, e outros tão desenvolvidos e cheios de tecnologia.

Mesmo não tendo os personagens dos outros filmes, este filme é bom. Aqui são apresentadas outras histórias, com outros personagens e ao mesmo tempo é feita uma introdução ao Exército dos Clones (Stormtrooper). Na minha opinião o Episódio 2 ficou melhor que o 4 e 5, porque além das imagens do planeta bem desenvolvido (que são muito boas), ele ainda tem mais aventura e ação. Não é tão parado quanto os outros filmes.

E aquela luta de sabre de luz nos últimos minutos? Aquilo sim que é uma luta de sabre de luz, e não aquela coisa parada e sem graça que vemos no Episódio IV. Mas dá para entender: o Episódio IV é de 1977, e o II é de 2002, o que quer dizer que teve um avanço na produção no filme ao longo do tempo.

Mais uma vez eu estava sem vontade de assistir Star Wars, mas quando assisti a esse filme eu realmente gostei dele. Me surpreendeu.

Nota:

 

 

Episódio III – A Vingança dos Sith (2005)

Tão bom quando o Episódio II, o 3º episódio é cheio de cenas de ação e me agradou bastante. Um diferencial dele é que ele conta a origem dos personagens principais da primeira trilogia, (e as revelações são surpreendentes!). As informações são tantas que eu tive que reassistir alguns trechos do Episódio IV para entender algumas coisas que fiquei em dúvida. Gostei muito do que vi. Hayden Christensen, que interpreta Anakin, fez um papel excelente.

Nota:

 

 

Episódio VI – O Retorno de Jedi (1983)

Enquanto assistia a primeira metade via apenas um filme no mesmo nível dos filmes da primeira trilogia (IV e V), e ia dar a mesma nota que dei para aqueles filmes. Mas a segunda metade me surpreendeu, teve muita cena de ação, e foram cenas boas. Se o filme estivesse nesse nível bom o tempo inteiro a minha avaliação sobre ele seria melhor.

Nota: