segunda-feira, 20 de julho de 2015

A DC e seus grandes filmes sobre super-heróis

Batman vs Superman - A Origem da Justiça - logo

Não faz muito tempo que Greg Silverman, chefe de cinema da Warner Bros., disse em entrevista ao Hollywood Reporter que a DC não faz filmes de super-heróis, e sim grandes filmes sobre super-heróis, como uma indireta aos filmes da Marvel. A declaração dele você vê abaixo:

“Temos uma grande estratégia para os filmes da DC, que é pegar esses personagens adorados e colocá-los nas mãos de cineastas experientes, fazendo com que tudo seja coordenado. Você verá a diferença quando ver Batman vs Superman: A Origem da Justiça, Esquadrão Suicida e Liga da Justiça”.

E explicando o tom sombrio de Batman vs Superman, ele completou:

“Há uma intensidade e uma seriedade no propósito em alguns desses personagens. Os cineastas que estão trabalhando com esses personagens estão fazendo grandes filmes sobre super-heróis; não estão fazendo filmes de super-heróis. E quando você está tentando fazer um bom filme, você aborda filosofias interessantes e desenvolvimento de personagem. Há também humor, que é uma parte importante”.

Isso nos leva a pensar sobre a profundidade que os filmes da DC terão. Eles sempre estarão abordando temas filosóficos, éticos, morais e políticos. O conceito disso é muito bom, mas se for feito da forma errada, o resultado pode não ficar tão bom assim. No filme O Homem de Aço, por exemplo, já é feito o debate de que um alienígena poderia ser perigoso para as pessoas da Terra. Mas esse parecia ser um problema que já foi resolvido, porque os militares do filme reconheceram que ele não estava do lado de Zod, e estava ali para ajudá-los. As pessoas reconheceram o Superman como um herói (mas hoje sabemos que tudo não ficou bem assim, e é por isso que surgirá Batman vs Superman).

Superman - O Homem de Aço

O que eu quero dizer é que mesmo o filme tendo essa discussão, ela não ficou tão evidente. Parece que foi pouco desenvolvida. E a ação também não foi isso tudo, como eu disse na resenha do filme. Ele se concentrou mais no drama do Superman, na sua história, sua origem e seu papel no nosso planeta. E o resultado foi um filme bom, mas não tão bom assim.

Se a Warner/DC quer fazer o seu universo mais sério, sombrio e realista com essas discussões filosóficas, sociais e políticas, tudo bem, mas que seja bem feito. Essa ideia da Warner é interessante, e vai dar uma profundidade que os filmes da Marvel não têm. Na Marvel é assim: é contada a história do personagem, do vilão, suas motivações, e pronto, vamos para a ação. Eu não acho isso ruim, porque os resultados são excelentes filmes (com exceção de um ou outro).

Mas já pensou se os super-heróis realmente vivessem no nosso mundo? Como reagiríamos? Como nos comportaríamos diante deles? Será que confiaríamos tanto em seu poder, que também pode destruir o mundo? Será que não acharíamos ruim, porque foi depois da chegada deles que surgiram os grandes vilões? Sim, provavelmente nos comportaríamos de maneira negativa diante deles. E é esse realismo e esse debate que os filmes da DC querem mostrar. Os filmes da DC não serão apenas mais sérios, sombrios e realistas, eles serão mais reflexivos. Acho que vai ser como um filme de ficção científica, ação e drama, mas com super-heróis nos papéis principais. Será como um filme comum, tratando de problemas da sociedade, da política e do mundo, e suas soluções, mas com super-heróis.

batman-vs-superman-07julho2015-01

O que a Warner não pode esquecer, é que apesar de toda essa ideia e boa vontade para os seus filmes, eles ainda são DE super-heróis. Não dá para fazer um filme com super-heróis sem ser DE super-heróis. Tem que ter ação, porque é isso o que as pessoas querem ver, não só os fãs, mas todos. Tem que ter bons efeitos. Se eles fizerem filmes no nível de O Homem de Aço, vai ser difícil esse universo decolar, ou pode até dar certo em crítica e bilheteria, mas não vai conquistar o coração de tanta gente como a Marvel conquistou.

A Warner pode querer fazer os seus filmes nesse estilo, mas não pode esquecer de que não pode ser extremista. Ela não pode querer colocar discussões na maior parte dos filmes para se distanciar do que a Marvel vem fazendo. Tem que saber balancear as coisas. Ela pode usar esse estilo, mas tem que ter boas cenas de ação, porque, como eu disse no parágrafo anterior, é isso o que todos esperam, tanto os fãs, como o grande público.

Eu tenho esperança de que Batman vs Superman: A Origem da Justiça vai manter esse tom que a Warner quer, mas também vai melhorar a parte heroica, ou seja, vai ter melhores cenas de ação. Se isso acontecer, já é uma evolução que ele terá de O Homem de Aço, e que servirá de modelo para os próximos filmes do universo. Essa é a minha esperança, e eu espero que dessa vez eles acertem, porque todo mundo está ansioso por esse filme, e seria ruim ver tanta gente desapontada.

E você, o que espera dos filmes do Universo Cinematográfico DC? Espera que melhorem na ação? Ou espera que eles deem mais destaque às discussões? Qual a sua expectativa e torcida para os próximos filmes? Deixe a sua opinião nos comentários!