sábado, 12 de setembro de 2015

Categorias:

Resenha: O Contador de Histórias

O Contador de HistóriasTítulo: O Contador de Histórias

Direção: Luiz Villaça

Gênero: Drama 

Duração: 1h50min 

Estreia: 07 de agosto de 2009











O Contador de Histórias conta a história de Roberto Carlos Ramos, um menino que foi deixado pela mãe na FEBEM com a esperança de um futuro melhor, mas ele vivia fugindo de lá, e nas ruas, roubava e usava drogas. Ele foi descoberto que por uma pedagoga francesa que quis saber de sua história, e depois lhe adotou.

A história, baseada em fatos reais, é muito bonita. Luiz Villaça dirige o filme muito bem, mostrando os sentimentos do personagem principal, e unindo de forma excelente as três fases da vida de Roberto: quando ele tinha 6, 13, e 21 anos. Claro que esse também é um mérito do roteirista José Roberto Toreiro.

O Caçador de Pipas, que também mostra uma história em diferentes fases da vida do personagem principal não conseguiu fazer isso tão bem quanto O Contador de Histórias. Em O Caçador de Pipas, não existe uma integração clara entre as fases, e não tem como saber o sentimento dos personagens, porque muitas vezes eles ficam calados e falta uma narrativa para explicar o que se passa na cabeça deles. E essa narrativa está presente neste filme, o que facilita o entendimento.

O Contador de Histórias é uma das poucas produções brasileiras que merecem ser chamadas de boas, porque tem bom roteiro, boa direção, boas atuações e não tem apelações.

Nota: