quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Categorias:

Resenha: No Coração do Mar

Título Original: In the Heart of the Sea

Título Nacional: No Coração do Mar

Direção: Ron Howarde

Gênero: Aventura, drama

Duração: 2h02min

Estreia: 03 de dezembro de 2015








O trailer de No Coração do Mar promete uma grande aventura de pessoas que lutam com uma baleia e lutam para sobreviver no mar, mas o filme não tem esse tom. Existe os momentos de maiores tensão, mas são poucos. O filme é no todo uma história de drama, narrado por um dos sobreviventes do ocorrido. Ele foca em mostrar as condições de vida das pessoas, e o problema se torna ainda maior quando os personagens são obrigados a fazer coisas que nunca pensaram que chegariam a fazer. Coisas que o personagem-narrador se envergonha de ter feito, e por isso nunca contou essa história a ninguém.

Mas o filme não é mais que isso. Ao mesmo tempo que nos mostra de maneira mais real a situação dos personagens, também não nos passa a emoção sentida por eles. Não é um filme envolvente.

As atuações são boas, principalmente quando eles estão numa fase em que estão todos acabados de fome. A maquiagem ajudou muito nesse momento, e o trabalho foi ótimo. Tom Holland, que será o novo Homem-Aranha, faz o papel de um menino inexperiente e que está com medo, mas sua atuação não dá para avaliar muito, porque, apesar de seu personagem ser um dos principais, ele passa a maior parte do tempo calado. Isso é mais culpa do roteiro do que de sua atuação. Mas ele se mostrou competente no seu papel.

No Coração do Mar não cumpre o que promete nos trailers. Não é um grande filme de aventura e ação, e sim de drama. Esse drama só chega a ficar melhor já perto do final, quando a situação dos personagens fica entre a vida e a morte, mas mesmo assim não consegue conquistar o espectador.

Nota: