quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Categorias:

Resenha: Pegando Fogo

Título Original: Burnt

Título Nacional: Pegando Fogo

Direção: John Wells

Gênero: Comédia, drama

Duração: 1h42min

Estreia: 10 de dezembro de 2015









Pegando Fogo é um filme que mostra as pressões e desafios de quem trabalha na cozinha de um restaurante, o dia a dia de uma cozinha e dos cozinheiros. É basicamente isso. Por sorte ele apresenta uma história que não é desinteressante: a de Adam Jones, um chef que fez muito sucesso em Paris, mas se perdeu em seus vícios em álcool e drogas. Depois de recuperado ele decide recomeçar sua vida, voltando à sua profissão, convidando antigos parceiros a voltar a trabalhar com ele, e tentando começar uma nova vida amorosa.

Mas é isso, sabe? Não tem nada mais. A história do personagem principal e de alguns coadjuvantes são bem contadas, mas não aprofundadas, mas você percebe que está na medida certa. Ele foi bem feito no que se propõe a fazer. É um filme simples. Acho que para quem gosta de cozinhar, para quem trabalha ou aspira trabalhar no ramo, o filme vai representar bem a realidade, mas para o grande público é só um filme mediano.

Nota: