sábado, 4 de junho de 2016

Resenha: The Flash – 2ª temporada

The Flash - 2ª temporada

Desde o início dessa temporada de The Flash que eu já pude sentir que ela estava melhor que a primeira, e já pude perceber que iriam desenvolver o vilão melhor do que fizeram na primeira temporada. Zoom é um ótimo vilão, e ele aparece na temporada inteira, desde seu início. Ele é bem desenvolvido, e esse desenvolvimento vai acontecendo ao longo da temporada. Todos os outros vilões da semana estão conectados de alguma forma com ele. Essa é uma situação diferente da do Flash Reverso, da temporada anterior, que não foi bem desenvolvido como vilão. Você pode dizer que sim, ele foi bem desenvolvido, porque ele aparece na temporada inteira como Dr. Wells, mas me refiro mesmo às suas aparições como o Flash Reverso, que foram muito poucas ao longo da temporada, e depois só no final. Falando em Flash Reverso, ele volta a aparecer nessa temporada, mas não gostei nem da sua aparição e nem da explicação que deram para isso. O cara estava morto e era melhor que continuasse assim.

Além de Zoom, todos os outros personagens tiveram chances de se desenvolver, o que ficou bem legal. E ainda foram introduzidos novos personagens, que também tiveram o mesmo destaque dos personagens que vieram da temporada anterior. Como disse na resenha de Legends of Tomorrow, apenas gostaria que Professor Stein continuasse na equipe. Ele era muito útil lá, mais do que na outra série.

Tom Cavanagh é um ótimo ator. Ele volta a fazer o Dr. Wells, mas de forma diferente do Wells da temporada anterior, porque ele é o Dr. Wells da Terra 2 (e o verdadeiro, e não alguém que roubou a sua identidade). Logo nos primeiros episódios você já percebe a diferença entre eles, pelo seu modo de falar, sua postura, e mais sutilmente, pelo seu modo de vestir.

As histórias que apareceram ao longo da temporada são muito boas, desde as cenas de ação, até os dramas e romances. A história do vilão é basicamente a mesma da temporada anterior, que envolve dois velocistas, em que um é mais rápido que o outro, e seu perigo iminente para o mundo. Mas me parece que Zoom é um vilão melhor, porque ele não quer só usar Barry para voltar para casa, como o Flash Reverso. Ele quer destruir os mundos. Ele é louco, e é pior em suas ações.

As viagens no tempo que Barry fez ficaram sensacionais. Sempre que aconteciam eram incríveis. Não tinha como não gostar. Além dessas viagens no tempo, fica estabelecido o multiverso. Eles usaram muitas nerdices dos quadrinhos, e não ficou parecendo difícil de entender. Tudo era muito bem explicado e simplificado.

E falando em coisas incríveis, o último episódio foi excelente. Só não gostei do fim que deram a Zoom, porque o Flash em si não fez nada (ele só parou seus planos de destruir os mundos). Se fosse para acabar daquele jeito, então poderia ter acontecido em qualquer momento, e não necessariamente no último episódio. Mas mesmo assim o episódio foi ótimo, principalmente por causa do final.

SPOILER: Pelo que Barry fez, o lógico seria ele voltar a ser perseguido pelos fantasmas do tempo, como aconteceu no meio da temporada, e como aconteceu com Zoom no último episódio.

O mais legal de The Flash é que ele tem uma identidade própria. Ele não tenta ser sério e realista, mas também não deixa nada sem explicação. Ele respeita a inteligência do expectador. Ele é leve e divertido, e não tem vergonha de criar vilões caricatos, como o Gorila Grodd e o Tubarão Rei, e nem de dá-los esses nomes. Essa é uma vergonha que atinge os filmes de super-heróis de hoje (até os da Marvel), e também as outras séries de super-heróis, porque eles querem parecer reais. Mas The Flash não vai nessa onda, e se mantém fiel ao seu estilo, sendo original, e ao mesmo tempo fazendo tudo com qualidade.

Essa foi uma ótima temporada. Tudo o que eu tinha visto como defeito na 1ª temporada, aqui foi corrigido e melhorado. E graças ao ato de Barry no último episódio, tudo mudará. Há quem diga que esse acontecimento pode mudar algo em Arrow, mas eu discordo. Acho que vai mudar apenas as histórias de Barry, e talvez afete Oliver só no que se referir à relação dos dois, o que é algo muito pequeno, já que eles se encontraram poucas vezes. Oliver e as histórias do Arqueiro Verde devem continuar intactas e seguindo o seu caminho.

E voltando a falar sobre o último episódio, você acaba de vê-lo a ponto de morrer, por saber que só vai poder ver o que vai acontecer daqui a 6 meses. XD Estou ansioso pelo que vem por aí na próxima temporada!

Nota: