segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Categorias:

Resenha: Retalhos

Retalhos - CapaTítulo: Retalhos

Autor: Craig Thompson

Editora: Companhia das Letras

Número de páginas: 592

Ano: 2009

Comprar

 

 

 

 

 

 

Retalhos é uma graphic novel que conta uma parte da vida de Craig, autor do livro. O livro começa contando histórias da infância de Craig junto com seu irmão Phil, e depois pula para a parte que ele tem 17 anos e conhece Raina, por quem se apaixona. Essa é a história principal do livro, que inclusive ilustra a capa. Para mim o livro iria contar histórias das etapas da sua vida em ordem cronológica, como ele dá a entender no início, mas não. Vez ou outra ele volta à infância para contar outra história, mas que serve apenas como uma rápida lembrança, e logo depois volta para a história principal.

Os desenhos são muitos bons, e a história é leve e fácil de ler. Muitas vezes Craig usa menos palavras e mais desenhos para mostrar as coisas que aconteciam com ele, e como ele se sentia diante disso tudo. Em alguns momentos, principalmente nas histórias da infância, eu me identificava com ele, principalmente na questão do bullying (apesar de eu não ter sofrido aquilo tudo que ele sofreu, como apanhar dos valentões) e na questão da fé e do comportamento (na infância, principalmente).

Falando em fé, esse é um dos itens mais presentes na história. Sempre é falado da igreja que ele e sua família frequentava, sobre a religiosidade da família e sobre a fé de Craig. Isso é algo que vai se desenvolvendo ao longo do livro, ao mesmo tempo do romance.

SPOILER: Já no final do livro Craig muda de opinião quanto à sua fé, adotando uma visão tão crítica que lhe fez deixar de acreditar nela. E você percebe não só pela história, mas também no modelo da escrita das letras e nas ilustrações, que ele ainda tem a mesma opinião de quando tinha seus 20 anos. Ele ainda tem aquela mesma visão crítica que lhe mantém distante da igreja e de Deus. Eu, como evangélico, dei minha opinião sobre essa parte em específico no meu blog pessoal, que você pode ler clicando aqui.

Retalhos pode ter tido algo de que não gostei, mas é um bom livro, tem uma história legal e você lê tudo rapidinho. Eu só não li mais rápido porque estava com falta de tempo.

Nota: